Calma…

Comissário Olli Rehn, o ministro das Finanças irlandês, Michael Noonan, e o ministro das Finanças português, Vitor Gaspar, na reunião de ontem do Eurogrupo, em Bruxelas.

Foto de YVES HERMAN/Reuters

European Economic and Monetary Affairs Commissioner Rehn, Ireland's Finance Minister Noonan and Portugal's Finance Minister Gaspar attend a European Union finance ministers meeting in Brussels

Vítor Gaspar pediu mais tempo para pagar, não pediu mais tempo para cumprir as metas de défice, pelo que nem a austeridade vai desaparecer, nem a economia vai desatar a crescer.

Verdade, verdade, é que Gaspar mantém a sua palavra e não pede mais tempo, nem mais dinheiro.

Este mais tempo pedido ontem não é grande coisa… Alivia ter que pagar mais tarde, deixa de haver concentração de pagamentos, a tesouraria fica mais fácil de gerir, até porque se prevêem problemas com a arrecadação de impostos, mas isso não quer dizer que se vá despejar dinheiro na economia para o crescimento. Quanto muito, existe mais folga para cumprir défice.

O ajustamento continuará a ser feito nos prazos acertados com a troika, e isso é que deveria ter sido negociado.

Estou por aqui no Facebook

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s