O melhor é o que aí vem

Opinião

Texto publicado no Dinheiro Vivo

O governo sabe que não causou alívio ao anunciar que não pretende efetuar novos cortes nos salários e pensões. No fundo, já todos sabíamos que não iríamos voltar a ser chamados para suportar, de forma direta, mais um esforço de redução do défice. Há algum tempo que sabemos que não há espaço para mais austeridade em cima de toda a austeridade imposta nos últimos três anos.

Mais uma vez, o governo chegou carregado de más notícias. Nesta semana, ficámos a saber, agora com mais certezas, que muito dificilmente voltaremos aos níveis de rendimento de 2010 e que alguns cortes serão transformados em novos cortes, inferiores, mas permanentes. Más notícias, sob a forma de aviso, já que o detalhe ficou para mais tarde. Nada de novo. Passos Coelho não surpreende porque não sabe, nem quer fazer diferente.

Seria este mais um momento, aproveitando a retoma da economia, para o governo tentar melhorar um pouco a vida de quem trabalha e, quem sabe, melhorar a sua ideia sobre o futuro. A economia precisa de menos impostos sobre o trabalho, que restringem o emprego e a competitividade, e de mais estímulos – fiscais -, depois de uma contração abrupta do consumo.

O governo alegará que, à beira do fim de programa de resgate, este não é o momento para causar má impressão aos mercados e à troika. Dirá ainda que não tem margem orçamental para prescindir de receitas e, assim, reduzir a carga fiscal sobre as famílias.

Mas, no final, o que se sabe é que a política é feita de opções e o resto é conversa. Quem gere expectativas já deveria saber que “a melhor parte da nossa vida é passada a aguardar o que aí vem” (William Hazlitt).

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s