Cheiro a férias

E agora vou ali num instante de férias. Isto tem sido como quando estamos cheios de vontadinha para fazer xixi e os últimos metros até à casa de banho são um suplício. Tenho (temos!) andado num estado de enorme sofrimento, desejosos das próximas duas semanas. Contando com dias inúteis são 17 dias inteirinhos de sol, piscina, de família, de tempo para tudo o que nos apetecer.

E como em tudo o que cheira a festa, o prazer começa logo com os preparativos, com o antecipar de sensações. Não faço malas, enfio meia dúzia de tshirts, biquínis, calções de ganga e havaianas (uns jeans para alguma eventualidade), mas tenho imenso cuidado na escolha do gel de banho, do creme para o corpo, do óleo para o cabelo… As minhas férias já cheiram. ❤

fiji2

Advertisements

Babem-se

O meu marido é mesmo um ganda chef ❤

Bolos

Só sei que tem framboesas, aveia e raspas de morango desidratado, que sabia muitíssimo bem, que tiramos sempre uma parte do fim de semana para umas aventuras na cozinha.

Vaya con Dios em Lisboa

Começo por dizer que a culpa é toda minha.
Eu já ia com as expectativas baixas.
Gosto, gostava muito de os ouvir. Na década de 90 bombaram no meu leitor de CD.
Ultimamente, voltei a ouvi-los (há coisas inexplicáveis, coincidências desta vida).
Gosto de arranjar atividades e entreténs. Um concerto numa sexta à noite não me pareceu nada mal.
Ainda para mais o concerto de Lisboa fazia parte da tourné de despedida. Nunca mais os poderia ver ao vivo.
E os bilhetes comprados à última da hora, surpreendentemente, deram dois lugares bem bons. E o Campo Pequeno estava cheio.

VayaConDios1

VayaconDios2

Mas, saímos a meio. O espectáculo estava morno, lento… Era bom, mas não satisfez. Boa, mas pouca voz de Dani Klein.