Hoje é assim

Clara

Trouxe companhia. Faz-se um relatório de Físico-Química.

Advertisements

Weekend mode

Soube a pouco.
Este bolo é de Nutella, ele é que fez, não tenho culpas nenhumas nisto 😛 Brevemente, a receita estará aqui
A Fritata, da Mafalda Pinto Leite, era uma verdadeira delícia.
E a vista da nossa casa.

nutella cake

fritata

vista

Livros da minha teen

livros clara

Hoje, o correio chegou para a minha filha. Um pedido da teen. Fiquei meio surpreendida com a escolha, porque lá por casa nunca se falou destes autores, nem destes livros, mas como o mundo dela está a crescer e em livros, felizmente, não se poupa, cá estão. Comprados na Wook, onde passei a comprar todos os meus livros, sem sair do lugar. Ela está em pulgas para começar e eu em pulgas estou para ver como vai acabar.

Ainda o Natal

O Natal passou-se muito bem, com muito amor, que é o que importa, com muitas gargalhadas, que fazem tão bem, e muita comida, o que sabe tão bem, mas traz o problema de não saber como vou caber no vestido da passagem do ano. Precisava de uma receita para perder três quilos em cinco dias, sem ter que fechar a boca, porque o rastro de consoada lá por casa é inexplicável.

Mais estes dois dias e começo a comemorar o final de um ano maravilhoso. 2013 ficará na minha história como um dos melhores anos da minha vida e a verdade é que o que peço para o próximo não é mais do que o que tive neste. Pode ser só igual que já é muuuuuito bom!

Aqui fica o peru de Natal, uma estreia absoluta, inspirada na receita da Joana Roque, que não sabe, mas tornou-se no meu livro de receitas ambulante.

Peru

Serão

Sushi

Não há muito mais a dizer, só que ontem ao jantar pareceu fim de semana. Estava tudo uma delícia, o vinho, [um Rosé Coleção Privada Moscatel Roxo da José Maria da Fonseca] uma maravilha, muita conversa da boa, um serão que nem vos digo.

Foi o melhor do meu dia, isto mais o abraço da filha e o alívio que senti quando consegui despachar a horas o artigo de opinião para o Diário de Notícias. Lucky girl ❤

melhor_do_meu_dia_on

O nosso Natal

Na minha vida inteira, a árvore sempre foi feita a 8 de dezembro e desmontada a 6 de janeiro [claro, que sempre fiz – isso, quando fiz – a árvore mais tarde e houve um ano em que só a desfiz quase no verão…]. Por isso, não me pressionem, não estou atrasada!
Este fim de semana é o fim de semana!

Nos últimos dois anos, eu e a Clara pisgámo-nos para Londres e Amesterdão. Das duas vezes, aterrámos em Lisboa em plena noite de consoada, mesmo a tempo de ir para a cama. Uma forma genial de lhe dar um Natal feliz e fugir à depressão de quem não tem uma família gigante e feliz com quem celebrar estas festas.

A verdade é que foram dois natais geniais. Tenho a certeza que a Clara jamais esquecerá as luzes de Oxford Street, que víamos da janela do nosso quarto, o frio de rachar, as Ben’s Cookies, ou as tardes de patinagem na praça mais cool de Amesterdão (não consigo reproduzir o nome…).

NatalAmesterdão

Aliás, este ano vamos ficar por cá e ela já começou a reclamar. Pudera!
Mas a verdade é que a família cresceu e recomenda-se, e que já há muitos anos que não me lembro de um Natal feliz assim. Talvez quando era pequenina e ainda acreditava no Pai Natal

Se eu tivesse tempo se eu fosse uma pessoa dada às decorações de Natal, apostava nestas coisas:

Natal1

Natal4

Natal2

Natal3

Fotos daqui

Carta ao Pai Natal

Há coisas em que eu quero acreditar. Deixem-me sonhar, não quero saber se foi a Amazon a forjar a coisa, nem nada disso, OK?! Adoro esta carta ao Pai Natal, adoro crianças para aí até aos 3 anos, vá… So 2013, it hurts ❤
Já agora, o link leva-nos a um carro de controlo remoto, que custa 20 dólares.

CartaPai Natal